FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO: ANTES DE CONTRATAR, NÃO COMPARE APENAS TAXAS DE JUROS, ENTENDA O QUE É O “CET”

O CET de um financiamento imobiliário é o seu CUSTO EFETIVO TOTAL, ou seja, tudo o que compõe a prestação: amortização, seguro, taxa de administração e, evidentemente, os próprios juros.

Taxas de juros anuais mais baixas não significam necessariamente prestações mais baixas. Daí a importância de desmembrar a parcela mensal do financiamento em seus componentes principais, o que pode ser feito através dos simuladores dos bancos disponibilizados na Internet.

A amortização é o componente fixo, calculada através da divisão do valor financiado pelo número de prestações. Por exemplo, para um valor financiado de R$ 200.000,00 em 15 anos (180 meses), teremos uma amortização mensal de R$ 1.000,00.

Se considerarmos um valor de prestação de R$ 3.000,00, a diferença obtida (R$ 2.000,00), representa a soma dos componentes variáveis da prestação, o que é bastante expressivo.

O seguro de um financiamento imobiliário é caro. Por determinação do Banco Central, os bancos são obrigados a apresentar para o futuro mutuário uma opção de seguradora não associada à mesma instituição financeira. Por exemplo, tomando um empréstimo de R$ 200.000,00 para adquirir um imóvel no valor de R$ 300.000,00 o comprador irá desembolsar de R$150,00 a R$ 300,00 por mês, dependendo da seguradora. Esta grande variação evidentemente justifica a necessidade da pesquisa comparativa prévia.

A taxa de administração, por sua vez, pode variar de R$25,00 a R$ 45,00 por mês.

Se para uma única prestação essas variações são relativamente pequenas (R$ 150,00 para o seguro e R$ 20,00 para a taxa de administração), multiplicando-se pelo número de parcelas os valores tornam-se bastante significativos: R$ 27.000,00 e R$ 3.600,00, respectivamente, ou seja, cerca de 20% do valor financiado.

Evidentemente que a taxa de juros é, com exceção da amortização, o componente mais expressivo da prestação. Sempre compare e negocie com seu banco, pois sempre há uma margem de desconto, que, no longo prazo, representam uma grande economia. Observe que uma taxa de juros de 12,00% ao ano representa na prestação mensal o valor aproximado de R$ 2.000,00.

Não podemos esquecer que, além das taxas de juros do financiamento, o saldo devedor e as prestações são corrigidos pela TR, que não deixa de ser outro componente variável, determinado pela política econômica do governo.

 

Cláudio Antonio Brandão

Depto.Vendas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: